quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Meta do Piauí é vacinar mais de 300 mil crianças de 05 a 11 anos


A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) recebeu do Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (06), a nota técnica referente à vacinação das crianças de 05 a 11 anos contra a Covid-19. A expectativa é que o estado possa imunizar 331.432 pessoas nesta faixa etária. Ainda não há data para as secretarias receberem as vacinas e iniciarem a imunização.

A vacina da Pfizer para este público será aplicada em duas etapas com o intervalo de quatro semanas. O frasco da vacina para crianças também terá uma cor diferente daquela aplicada em adultos, para ajudar os profissionais de saúde na hora de aplicar a vacina.

“Estas doses são de 0.2 ml e serão tomadas em duas etapas, com o intervalo da primeira para a segunda dose de 08 semanas, diferente do que diz a bula do imunobiológico, mas acreditamos que isso deve ser porque o Brasil ainda não tem doses suficientes para toda a população”, explica o superintendente de Atenção à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, reforçou a necessidade da oferta da vacina contra a Covid-19, para crianças com idades de 5 a 11 anos, como estratégia para garantir maior segurança, controle da pandemia e imunização para a população.

"O Piauí foi o segundo estado a pedir a vacinação infantil para o combate à pandemia. Com este novo passo, no processo de imunização das nossas crianças, esperamos receber as vacinas o mais breve possível, para que possamos iniciar a proteção deste público. E pedimos aos pais e responsáveis que assim que a vacina estiver disponível levem suas crianças, pois a vacina é segura e fundamental para proteção”, destaca o gestor.

A Sesapi já está com toda a logística de distribuição e orientação aos municípios preparada para receber as vacinas destinadas às crianças de 05 a 11 anos. “Assim como nas outras etapas de vacinação nossas equipes, da Coordenação de Imunização, já estão com a logística organizada para entregar aos municípios, assim que receber do Ministério da Saúde, as vacinas direcionadas às nossas crianças, e os mesmo iniciarem o processo de imunização”, disse Florentino Neto.


COMUNICADO

O Centro de Informação Estratégica em Vigilância em Saúde (CIEVS) da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), informa que, no boletim Covid de hoje (06), teremos notificação de casos de Covid-19 represados pela plataforma E-Sus, o sistema que notifica mortes e casos provocados pelo novo coronavírus em todo o Brasil. O sistema estava fora do ar por causa de um ataque hacker.

Nesta quinta-feira (06), a plataforma E-Sus liberou todos os casos confirmados de Covid-19 neste período em que o sistema esteve fora do ar. O ataque aconteceu por volta do dia 9 de dezembro de 2021, mas durante todo esse período, as secretarias municipais de saúde do Piauí continuaram alimentando o sistema com informações anteriores ao ataque.

Segundo o Superintendente de Atenção à saúde e Municipios da Sesapi, Herlon Guimarães, o boletim de hoje vai trazer números represados desde 11 de outubro de 2021 até o dia 06 de janeiro de 2022. “Então teremos cerca de nove mil casos represados. O objetivo é manter a transparência dos dados e, queremos dizer para a população não se preocupar porque são números que estavam retidos durante essa instabilidade da plataforma”, afirma.

Sistema que notifica mortes e casos de Covid-19 volta ao ar 11 dias após ataque hacker E-SUS Notifica estava inacessível desde de 10 de dezembro. A página do ConecteSUS, responsável pela emissão pela emissão do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, ainda segue fora do ar.

O e-SUS Notifica voltou ao ar na tarde desta terça-feira (21), informou o Ministério da Saúde. A plataforma que reúne informações sobre casos e mortes por causa de Covid-19 estava inacessível há 11 dias desde o ataque hacker a sites do governo.

A falta dos dados do sistema gerou dificuldades para os estados colherem as informações sobre a doença neste período. A página do ConecteSUS, responsável pela emissão do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, ainda segue fora do ar.

O Ministério da Saúde informa que o sistema de registro E-SUS Notifica foi restabelecido. A pasta reitera que atua com agilidade para a o restabelecimento de todas as plataformas impactadas o mais breve possível", disse o ministério, em nota ao g1.

Na segunda (20), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o e-SUS Notifica (sistema de notificação de casos de Covid) Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) – que tem informações sobre cobertura vacinal e vacinação contra outras doenças no país ConecteSUS funcionalidades como a emissão do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 e da Carteira Nacional de Vacinação Digital, que estão indisponíveis no momento.

ASCOM/SESAPI 

Nenhum comentário:

Postar um comentário