quinta-feira, 30 de setembro de 2021

CERVEJA FICARARÁ MAIS CARA EM PARNAÍBA NA PRÓXIMA SEMANA

 

Donos de bares e restaurantes receberam comunicado da Ambev sobre o reajuste nos últimos dias. E o texto, distribuído nacionalmente, diz que o reajuste vai seguir, "em linhas gerais, a variação da inflação, variação de custos, câmbio e carga tributária".

"Há uma pressão dos custos muito grande, tanto para a Ambev, neste caso específico, quanto para os bares e restaurantes. O combustível, a energia, os insumos, entre outros, estão mais caros. Por isso, acredito que este reajuste chegará ao consumidor final imediatamente", disse Paulo Solmucci, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). 

 

Que cita também dados de São Paulo sobre o mercado: "Cerca de 37% dos bares e restaurantes do país estão tendo prejuízo. Em São Paulo, essa porcentagem é de 50%. Por isso, acredito que o aumento da cerveja no Brasil será de até 10%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário